Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 10h:35

Tamanho do texto A - A+

Senador Medeiros diz que reeleição é ‘factível’ e não deve apoiar campanha de Pedro Taques

Por: FELIPE LEONEL

O senador José Medeiros (Podemos) afirmou que a chance dele de se reeleger ao Senado Federal é 'factível', mesmo com apenas duas vagas na disputa e diversos postulantes ao cargo. O parlamentar poderá concorrer uma das vagas com o senador licenciado e ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP). 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

senador jose medeiros

 

Apesar de possuir menos capital político que seus concorrentes, o senador aposta no desejo de renovação da classe política. "As chances são reais de conseguir uma vaga ao Senado. O cenário político está carente de renovação. Eu não estou jogando uma pecha sobre os que estão aí, é uma constatação", afirmou o senador, em entrevista à Rádio Capital FM

 

"Como eu estou chegando agora, tenho um perfil mais próximo do desejo do eleitor. Na minha avaliação, as chances do Podemos ter uma das vagas ao Senado é factível", complementou José Medeiros. Dentre outros possíveis candidatos, está o deputado federal Nilson Leitão (PSDB), além do secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Jayme Campos (DEM).

 

Ainda segundo o senador e presidente do partido, o Podemos em Mato Grosso, não deverá caminhar junto ao governador Pedro Taques (PSDB), em seu projeto de reeleição. A agremiação deverá se coligar junto a partidos ‘nanicos’ e pretende eleger quatro deputados estaduais e um deputado federal. 

 

"Existe uma tendência muito forte nas coligações de não estar com o governador Pedro Taques. Isso é um sentimento dos partidos. Muito provavelmente não estaremos com Pedro Taques", disse. Medeiros se tornou senador após Pedro Taques se eleger governador de Mato Grosso, deixando vaga no Senado para o policial rodoviário federal. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto