Quarta-Feira, 08 de Novembro de 2017, 08h:04

Tamanho do texto A - A+

"Se não cabe à Câmara investigar o prefeito, vamos fechar o parlamento"

Por: FELIPE LEONEL

O vereador Diego Guimarães (PP) rebateu as declarações do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), de que a Câmara não tem competência para investigar o vídeo em que o gestor aparece enchendo os bolsos do paletó com maços de dinheiro. Segundo Guimarães, apesar de o prefeito ser professor de Direito Constitucional, falta conhecimento sobre o regimento interno da Câmara e da Lei Orgânica do Município. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

diego guimarães

 Vereador Diego Guimarães 

"Como o fato veio à tona depois da eleição, há um entendimento sim e nós podemos investigar. E se não compete à Câmara investigar o prefeito, então podemos parar, fechar o parlamento e deixarmos de trabalhar. Nosso dever é legislar e fiscalizar", afirmou o vereador, ao HiperNotícias. 

 

Além dos vídeos, entregues na delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), terem sido divulgados quando Emanuel já era prefeito, ainda houve fatos novos. Um desses fatos diz respeito a busca e apreensão cumprida na residência de Emanuel, quando a Polícia Federal apreendeu um áudio gravado pelo ex-secretário de Indústria, Comércio e Mineração, Alan Zanatta com o delator e ex-chefe de gabinete de Silval, Sílvio Correa. 

 

"Eu tenho completa certeza que compete a nós investigarmos o prefeito. Como eu disse no dia da minha assinatura, recai alguns fatos sobre o prefeito Emanuel que já ocorreram no curso do seu mandato, como por exemplo aquele áudio encontrado na busca e apreensão. Um áudio que liga o Alan Zanatta ao delator, uma conversa assaz comprometedora", argumentou. 

 

O requerimento para abertura da CPI do Paletó foi apresentado pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB) e já recebeu apoio de outros sete parlamentares, sendo eles Abilio Brunini (PSC), Sargento Joelson (PSC), Gilberto Figueiredo (PSB), Dilemário Alencar (Pros), Felipe Wellaton (PV), Diego Guimarães (PP) e Sargento Elizeu (PSDC). Os parlamentares aguardam, no momento, a assinatura do vereador Toninho de Souza (PSD) para instaurar a CPI. 

Avalie esta matéria: Gostei +5 | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto