Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, 10h:46

Tamanho do texto A - A+

Sachetti espera não ter que recuar da disputa ao Senado

Por: DANNA BELLE

“Não sou eu que vou decidir, tem toda uma equipe que está conversando, Mendes, Jayme, Fabinho, Pivetta, Zeca Viana, as pessoas que estão dentro desse projeto”, afirmou o deputado federal Adilton Sachetti (PRB) acerca da possibilidade de recuar sua pré-candidatura ao Senado.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

carlos favaro

 Carlos Fávaro (PSD) renuniou ao cargo de ex-vice-governador para poder ser candidato ao Senado

Sobre o imbróglio da aliança do Democratas ter três possíveis pré-candidatos para as duas cadeiras de senadores, Sachetti afirma estar trabalhando para conquistar seu espaço dentro da chapa e que sua experiência política vai pesar a favor, criando um diferencial em relação ao ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD).

 

“Eu tenho minha história, ele [Fávaro] foi presidente por dois anos. Eu fiquei praticamente 20 anos dentro de entidades, criando e construindo entidades. Cada um tem suas qualidades, o Fávaro é uma pessoa do bem, uma pessoa que eu admiro e, lá na frente, vamos buscar um caminho para mim e para ele, com certeza vamos somar dentro de uma caminhada para o melhor para o nosso estado”, declarou.

 

A outra vaga existente é confirmada ao ex-governador Jayme Campos (DEM), por isso a disputa está focada entre Sachetti e Fávaro.

 

“Vamos chegar num consenso no final. Vai chegar uma hora que tem que definir. Eu tenho trabalhado para ser eu, o Fávaro tem trabalhado para ser ele, o Jayme já tem uma cadeira quase cativa”, afirmou durante o evento Agro MT, em Cuiabá.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei