Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017, 09h:55

Tamanho do texto A - A+

PSB remarca reunião para decidir expulsão de Garcia e mais três deputados

Por: FELIPE LEONEL

A Executiva Nacional do PSB marcou para a próxima semana a reunião que poderá culminar na cassação do deputado federal Fábio Garcia. O encontro deve acontecer no dia 26 de outubro (quinta), em Brasília, na qual os dirigentes da sigla vão deliberar sobre a punição de Garcia e outros três deputados federais por descumprirem a orientação do partido.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

fabio garcias

 

A decisão ocorreu após o juiz Hilmar Castelo Branco Raposo Filho, da 21º Vara Cível de Brasília, emitir liminar impedindo a reunião de acontecer nessa segunda-feira (16). Para o magistrado, o partido descumpriu o regimento interno da agremiação, que que exige publicação da notificação com antecedência de oito dias.

 

No caso concreto, o partido teria notificado os deputados federais no dia 11 e a reunião aconteceria cinco dias após, no dia 16. “Em face do dano ao direito também se faz evidente, eis que a deliberação do Diretório poderá redundar até na expulsão dos requerentes, pena de severas e irreversíveis consequências ao exercício de seus mandatos”, afirmou o juiz.

 

Além de Garcia, os deputados federais Danilo Forte (CE), Fernando Coelho (PE) e Tereza Cristina (MS), são acusados de “traírem a ideologia” da sigla socialista por terem votado favoravelmente à reforma trabalhista no Congresso Nacional. Fernando Coelho, ministro de Temer (Minas e Energia), chegou a sair do cargo para apoiar o projeto.

 

 

A Comissão de Ética do PSB instaurou um procedimento administrativo contra os deputados e aprovou a recomendação pela expulsão dos quatro parlamentares. A possibilidade de eles serem expulsos é grande, tendo em vista que a Executiva Nacional da agremiação estaria “coesa”, tendo votado por unanimidade a orientação pela abertura de denúncia contra Temer na Câmara dos Deputados. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto