pesquisas

Terça-Feira, 27 de Dezembro de 2016, 11h:19

Tamanho do texto A - A+

Prefeito retira projeto de aumento do IPTU da Câmara e correção será pelo índice inflacionário

Por: PABLO RODRIGO

A votação do aumento da planta genérica do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Cuiabá precisa de 17 votos favoráveis para que ocorre na sessão de hoje (27). O projeto polêmico divide os parlamentares.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

câmara de cuiabá

 

O projeto de autoria do Poder Executivo deixou de tramitar na Câmara de Vereadores por conta do líder do governo Mauro Mendes (PSB), vereador Domingos Sávio (PSD), retirou a mensagem da pauta.

  

"Eu retirei o projeto de tramitação na sessão passada. Agora para entrar em regime de urgência precisa de 17 votos e hoje acredito que não alcançarão esses votos", disse o vereador Domingos Sávio.

 

O projeto prevê um aumento no IPTU de até 30%, dependendo da região em que o imóvel estiver localizado.

 

Além de Domingos Sávio, os vereadores Toninho de Souza (PSD), Lueci Ramos (PSDB), Arilson Silva e Alan Kardec do PT, Adevair Cabral (PSDB), Renivaldo Nascimento (PSDB), Faissal (PSB) e Leonardo Oliveira (PSB), já  se posicionaram contra o aumento.

 

"O TCE prevê a revisão da planta genérica a cada três  anos. Mas com a atual crise financeira nacional, a população não pode ser penalisada. Por isso sou contra esse aumento", disse Leonardo Oliveira.

 

Atualizada às 11h37 - Projeto que aumenta IPTU sai da pauta

 

De acordo com o vereador Dilemário Alencar (Pros), a retirada do projeto da pauta ocorre após o prefeito Mauro Mendes (PSB) ter decretado a correção inflacionária da planta genérica.

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei








Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

Silval delator

Contas bloqueadas

Problema do MPF

Desculpas de Emanuel

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas