Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 14h:07

Tamanho do texto A - A+

PP permanece firme no palanque de Fagundes

Por: DANNA BELLE

Os rumores de que o Partido Progressista de Mato Grosso estaria abandonando o projeto do senador Wellington Fagundes (PR), ao Governo do Estado, foram negados pelo presidente da sigla, deputado federal Ezequiel Fonseca (PP).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

ezequiel fonseca

Presidente do Partido Progressista de Mato Grosso, Ezequiel Fonseca

“Em política não há nada de irredutível. Em política há compromisso. O PP tem um compromisso e vai honrar o que têm com o senador Wellington Fagundes”, confirmou.

 

Apesar do PP ter fechado acordo com os republicanos, Fonseca admite existir conversas entre o senador e o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM), também pré-candidato a governador.

 

“O Progressista está fechado com o senador Wellington Fagundes, mas a conversa política está aberta. O próprio senador Wellington tem conversado com o Mendes”, narrou em entrevista à Rádio Capital 101,9 FM na manhã desta quarta-feira (11).

 

Em relação a declaração do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), no início desta semana, de que o governador Pedro Taques (PSDB) “não está morto” e Mauro Mendes “será um bom governador se for eleito”, Ezequiel rebateu, afirmando ter aval do ministro para negociar a formação de alianças políticas.

 

“Ele [Maggi] me colocou como presidente do partido e também como um dos coordenadores dessa questão eleitoral. E, como presidente do partido, que nós pudéssemos procurar o que fosse o melhor destino para o progressista. Nós estamos há dias caminhando junto com o senador Wellington. O ministro Blairo Maggi, pelo qual temos o maior respeito, me colocou que estaria fora das eleições deste ano”, finalizou.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto