Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018, 15h:30

Tamanho do texto A - A+

Pedro Taques responde as críticas de Mauro Mendes: “sou governador, mereço ser criticado”

Por: FELIPE LEONEL

O governador Pedro Taques (PSDB) evitou polemizar as declarações do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (sem partido), em entrevista, na qual afirmou que o governador não fez o "dever de casa na hora certa". Além disso, Mendes disse que Taques não sabe assumir os erros e culpa o ex-governador Silval Barbosa (sem partido) pela crise econômica. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques

 

"É a opinião do Mauro, precisa ser respeitada. Quem sou eu para criticar os outros? Eu sou o governador e mereço ser criticado", afirmou o governador sobre as críticas do aliado, durante entrega de banca de feiras, veículos e patrulhas mecanizadas para 23 municípios. A entrega ocorreu no Centro de Comercialização José Carlos Guimarães, em Várzea Grande. 

 

A declaração de Mauro Mendes na Rádio Vila Real pode indicar um distanciamento do governador tucano, dando margem para Mauro Mendes se filiar ao Democratas e disputar o governo do Estado nesta eleição. Mendes já disputou ao cargo em 2010, mas em 2014 apoiou Pedro Taques na disputa.

 

"Amigo, eu acho assim: quem cumprir os requisitos do artigo 14 das Constituição Federal, pode ser candidato. Eu só penso em eleição depois de comer a canjica", disse, sobre uma eventual disputa de Mendes ao Governo. "É um direito, quem quiser sair e entrar, faz parte da liberdade. Não é traição nenhum pouco", complementou.

 

 

Em outra entrevista, realizada no mesmo dia, o governador ressaltou que a crítica na democracia é “salutar” e que Mendes é um companheiro e tem “direitos a fazer críticas”. Ainda de acordo com o governador, o Estado irá ouvir as críticas do empresário e “consertar se, por ventura, tenhamos algum erro”. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



5 Comentários

Carlos Nunes - 10/02/2018

Tem que avisar o Renato Araújo que...se Lula que nunca estudou governou o Brasil...o Procurador Mauro pode governar Mato Grosso. O Procurador é Procurador da Fazenda Nacional porque passou no Concurso Público, devido aos seus méritos, ninguém o colocou no Cargo.Citei no comentário anterior o Procurador, porque é necessário quebrar essa velha política de MT, onde os mesmos tão governando o Estado faz tempo; num eterno círculo vicioso, interminável. Figurinhas carimbadas que já ocuparam o Poder, muitos já foram Governadores, Senadores, Deputados, Prefeitos, etc. Pra mudar o Brasil precisaria ZERAR tudo, passar a régua, eleger novos presidente da república e governador, novos senadores e deputados federais e estaduais. É preciso que uma nova safra de pessoas assuma a política brasileira. A gente vota neles, acompanha a atuação, se não derem conta do recado, decepcionarem, a gente demite todos em 2022, e contrata outros. Afinal de contas "Eleição é igual Departamento de Pessoal, podemos Demitir e Contratar pessoas pra nos representar, elas são só nossos empregados." Devemos caprichar no voto pra Senador, pois esses terão 8 anos de mandato, e serão 2 Senadores. Renovação do Congresso Nacional inteiro é necessária.

Renato Araujo - 09/02/2018

É de uma IGNORANCIA total e covarde, algum internauta, achar que o tal "Procurador Mauro", um profissional em disputar eleições em Mato Grosso, tem a minima condição de Governar MT. Pelo amor de DEUS, esse cidadão, que é funcionário federal (Procurador da Fazenda Nacional) ,é um preguiçoso, que candidata em todas as eleições existente, apenas para tirar proveito da Lei, que dá licença com salário de 4 meses ao servidor que candidatar-se a um mandato eletivo. Pois bem nos ultimos 10 ou 12 anos, esse rapazinho, que é tambem nas horas vagas tocar de guitarras e bebedor de cachaça nos bares e nas praças de Cuiabá, já candidatou- a tudo e perdeu 6 eleições consecutivas. Não tem capacidade de comandar um carrinho de pipoca, quando mais o Governo do Estado de Mato Grosso, tenho dito.

joaoderondonopolis - 09/02/2018

Infelizmente é governador. Pior governador de todos os tempos, Taques nunca mais.

gilston - 09/02/2018

Nós eleitores sabemos pela mídia que realmente Pedro Taques, Mauro Mendes e Silval Barbosa são amigos de longa datas tantos que na campanha eleitoral este triu Mauro Silval e Taques se reuniam constante em suas casas, pra traçar rumo da campanha eleitoral. Então é por isso que Taques adora criticar Silval Barbosa ja que são amigos e amigos podem ser criticado segundo o governador Taques, prova da amizade é que Silval nunca questionou as critica do amigo Taques. E o povo ficam por aí sem saber quem é quem mas, os três, são farinha do mesmo saco. http://www.portalmatogrosso.com.br/politica-gestao/pedro-taques-e-flagrado-direcionando-perguntas-durante-entrevista-coletiva/37937

Carlos Nunes - 09/02/2018

Resta saber se merece ser votado de novo. Puxa vida! Se o Procurador Mauro não fosse do PSOL, esquerda radical...seria o melhor candidato a Governador. Ia colocar por terra vários Grupos Políticos e Econômicos de Mato Grosso, igual pino de boliche. Strike neles! Grupos que já governaram Mato Grosso, cidades de Mato Grosso. O candidato Procurador é bom, mas o partido estraga. Vamos ver as propostas do Procurador Mauro, da Fazenda Nacional, quem sabe ele tira a vaca das Finanças do Estado do meio do brejo, sem ferrar o povo.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA