Sexta-Feira, 06 de Janeiro de 2017, 11h:19

Tamanho do texto A - A+

Paulo Taques sai em defesa de Mauro Mendes: "Fez um bom trabalho"

Por: PABLO RODRIGO

O secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, voltou a defender a gestão do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB). Durante a posse da nova diretoria da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Taques destacou o legado deixado por Mendes na capital e disse que o ex-gestor está sendo injustiçado.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

paulo taques

 

"Gostaria de fazer um registro do ex-prefeito da cidade onde moro. A política costuma ser ingrata. O ex-prefeito Mauro Mendes fez um ótimo trabalho em Cuiabá. Agora ele tem recebido críticas quando ainda está desabotoando o terno de prefeito. Essa minha declaração não É como secretário de Estado, mas como cidadão. Ele deixa Cuiabá melhor do que recebeu", disse o chefe da Casa Civil.

 

Paulo Taques também destacou as últimas obras deixadas por Mendes ainda em dezembro, como a orla do Porto e o Parque das Águas. "Ele deixa obras de lazer, obras sociais para a população. Ele demonstrou ser um prefeito voltado para a população menos favorecida. Hoje passei pelo Parque das Águas e estava lotado com crianças e pais, que talvez não tinha nenhum outro local público para levar a sua família", relatou.

 

Taques também desejou sorte ao prefeito Emanuel Pinheiro. "Tomara que o prefeito Emanuel Pinheiro continue com as mudanças em nossa cidade. Quero desejar sorte e que ele entregue a cidade no futuro bem melhor do que a recebeu", finalizou.

 

As declarações do secretário acontece após várias críticas de aliados do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB).

 

O deputado federal e presidente estadual do PMDB, Carlos Bezerra, disse durante a posse de Emanuel no dia 1º de janeiro, que Mauro Mendes fez obras de lazer como as do Parque Tia Nair, Parque das Águas e Orla do Porto em detrimento de investimentos em saúde e saneamento básico.

 

O deputado federal Valtenir Pereira (PMDB) também criticou a gestão do ex-prefeito. O deputado chegou a colocar sob "suspeita" a Parceria Publico-Privada (PPP) de iluminação pública no valor de R$ 712 milhões na reta final do mandato.

 

Leia mais aqui:

 

Bezerra minimiza obras de Mendes e diz que ex-prefeito abandonou problemas reais de Cuiabá

 

Deputado sai em defesa de Mendes e relembra que Bezerra foi vaiado na posse

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto