Sexta-Feira, 06 de Outubro de 2017, 09h:45

Tamanho do texto A - A+

Líder de Emanuel: "Sem a suplementação a Câmara deve demitir 472 servidores

Por: FELIPE LEONEL

O lider do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) na Câmara Municipal de Cuiaba, vereador Lilo Pinheiro (PRP), afirmou que a Câmara terá que demitir 472 funcionários se não houver suplementação. Emanuel chegou a suplementar o orçamento em R$ 6,7 milhões, mas foi barrado pela Justiça e pelo Tribubal de Contas do Estado (TCE), pois aconteceu dois dias após os vereadores "enterrarem" a CPI do Paletó,  que iria investigar o vídeo em que o prefeito aparece enchendo os bolsos com maços de dinheiro.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

lilo pinheiro

 O vereador Lilo Pinheiro (PRP) é líder do governo Emanuel Pinheiro (PMDB) na Câmara Municipal de Cuiabá

"A Mesa Diretora da Câmara vem dialogando com o prefeito sobre a necessidade dessa suplemnetação desde maio, mostrando para o prefeito que sem a suplementação 472 funcionários deverão ser dispensando", disse o parlamentar.

 

Emanuel deveria encaminhar um projeto de lei autorizando um repasse de R$ 6,7 milhões, mas decidiu que não no último momento após a informação ser dovulgada pela imprensa. 

 

Na manhã desta sexta-feira (6), Emanuel deve ir a Câmara de Vereadores para dar explicações.

Avalie esta matéria: Gostei +4 | Não gostei - 3

Leia mais sobre este assunto