Segunda-Feira, 27 de Novembro de 2017, 09h:12

Tamanho do texto A - A+

Jayme, Mauro e Blairo vão definir futuro de Taques, dizem dissidentes do PSB

Por: FELIPE LEONEL

O deputado estadual Mauro Savi (PSB) afirmou que a candidatura do governador Pedro Taques (PSDB) à reeleição dependerá das articulações entre o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), o ex-senador Jayme Campos (DEM) e o ministro de Agricultura, Blairo Maggi (PP). O parlamentar avalia que será rápido formar um grupo, pois "são poucas opções". 

 

Marcos Lopes/HiperNotícias

Mauro Savi

 Deputado Mauro Savi avalia que a decisão é dos "cabeças pensantes"

"Agora nós temos que saber dos cabeças dos partidos, Jayme Campos, Mauro Mendes e Blairo Maggi. Eles que vão definir nosso destino, porque somos não só soldados do partido e do grupo político, mas obedientes à essa condição", afirmou Savi, em entrevista à Rádio Capital FM.  

 

De acordo com Savi, o candidato natural do grupo político é o governador Pedro Taques, mas há a possibilidade de Mauro Mendes se candidatar ao governo. Além disso, a oposição também pretende lançar um nome ao Governo do Estado, que pode ser do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim. 

 

Já o deputado Oscar Bezerra (PSB) cobrou um posicionamento do ex-prefeito Mauro Mendes e do ex-senador Jayme Campos. "O Mauro tem nome suficiente para pleitear [o Governo do Estado]", disse Oscar. Ainda de acordo com ele, o ex-senador Jayme Campos também tem cacife para disputar o Governo.

 

"O Mauro precisa se posicionar o mais breve possível se ele realmente tem essa intenção.  O próprio Jayme também tem nome para pleitear. Quer dizer, são vários nomes ao governo, eles precisam se posicionar se estão na base ou são independentes" disse o deputado estadual.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 2

Leia mais sobre este assunto




3 Comentários

Dr Davi - 28/11/2017

Mauro Mendes PR ao governo (ou o Neri Geller do PP); Blairo Maggi - PP ao senado e Jayme Campos - DEM ao senado (ou o prefeito Francis Maris de Cáceres que pode migrar para o PR com o Mauro Mendes). O Antônio Joaquim do PMDB sairia de vice-governador. O senador Wellington Fagundes já sinalizou que admite que o grupo de Mauro Mendes assuma o controle da sigla em Mato Grosso, desde que não esteja no palanque do Taques.

ANA - 27/11/2017

MAURO MENDES DESDE QUE NÃO ESTEJA ALIADO DE TAQUES COM CERTEZA ELE GANHARÁ. POREM SE ESTIVER ALIADO TA FORA... POVO QUER TUDO QUE SE RELACIONA A TAQUES FORA DO PODER. ACABOU COM NOSSO ESTADO.

Carlos Nunes - 27/11/2017

Puxa vida! Enquanto os caciques políticos decidem o futuro...o que será que pensam os índios, digo, os eleitores, os verdadeiros donos do Poder através do voto? Eleição é igual Departamento de Pessoal - podemos Demitir e Contratar pessoas pra nos representar, elas são só nossos empregados. Quem iremos Demitir e quem iremos Contratar em 2018? Pra presidente, governador, 2 senadores por Estado, deputados federal e estadual.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA