Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, 09h:27

Tamanho do texto A - A+

Jajah afirma em áudio repassar verba indenizatória a secretário

Por: FELIPE LEONEL

O deputado estadual Jajah Neves (PSDB), que ocupa na Assembleia Legislativa a vaga de Wilson Santos (PSDB), que atualmente está como secretário de Cidades, foi gravado dando declarações que podem levantar suspeitas sobre crimes. O áudio de dois minutos circula nas redes sociais e o parlamentar afirma sustentar sua emissora de TV unicamente com recursos da Assembleia Legislativa e do Governo do Estado.

 

Reprodução

jajah neves

 

“Já viu uma emissora de TV sem nenhuma publicidade? Eu sustento aquilo ali com dinheiro público que vem. Ah! você tem publicidade, que publicidade eu tenho? A mídia que cai é do governo, ela cai por causa de que? Por causa de mim”, declara Jajah no áudio.

 

“O Governo e Assembleia é o que o que sustenta hoje tudo, tudo que está aqui é sustentado por esses dois órgãos”, afirmou, deixando a entender que a gravação teria sido feita nos estúdios da emissora da TV Mato Grosso.

 

Além disso, ele afirma que repassa o valor de R$ 65 mil da Verba Indenizatória (VI) ao titular do mandato, o deputado Wilson Santos. “Três dias antes de cair, ele [Wilson] já me liga cobrando a VI dele”, reclamou o deputado.

 

Somado a isso, Neves ainda conversa sobre uma “Caravana do Jajah” e a respeito de uma dívida de R$ 200 mil e outra suposta dívida com o ex-governador Júlio Campos (DEM) de quase R$ 1 milhão.

 

“Está me contestando por R$ 200 mil, eu estou sendo processado... Daqui a pouco é o Júlio Campos que já vai para R$ 1 milhão... Essa caravana do Jajah tem que ser algo que seja bom eleitoralmente e se torne um negócio”, disse.

 

Ademais, Jajah afirma ter dado o mandato de vereador ao irmão Ademar Jajah e diz que ele tem “quatro anos para administrar a vida”. Para “dar o mandato” a Ademar, Jajah posou para foto nos santinhos, nos quais dava a entender ser ele o candidato a vereador. A Justiça Eleitoral condenou os dois em primeira instância e multou em R$ 100 mil.

 

Outro lado

 

A assessoria de imprensa do deputado Jajah Neves disse que o parlamentar está viajando durante o recesso e voltará a Assembleia na próxima terça-feira (16), quando estará disponível para dar explicações.

 

Já a assessoria de imprensa do deputado licenciado e secretário de Cidades, Wilson Santos, garantiu que o parlamentar não recebeu ou cobrou a Verba Indenizatória de Jajah Neves. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto