Segunda-Feira, 12 de Março de 2018, 10h:30

Tamanho do texto A - A+

Governador Pedro Taques diz que Mato Grosso "tem espaço" para cortar gastos

Por: FELIPE LEONEL

O governador Pedro Taques (PSDB) disse estar trabalhando na conclusão da quarta reforma administrativa da sua gestão para diminuir o tamanho da máquina e reduzir custos. O governador também lembrou que a sua gestão economizou R$ 1 bilhão em custeio, além de ter recuperado cerca de R$ 1 bilhão de recursos sonegados. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

pedro taques

 

"Existe espaço para cortar gastos, diminuir o tamanho da máquina. Sempre lembrando que o Estado não precisa ser grande ou pequeno. O Estado tem de ser eficiente, do tamanho para suprir as necessidades do cidadão nas politicas publicas", afirmou o governador, durante evento GazetaAgro, realizado no Cenarium Rural, na manhã desta segunda-feira (12). 

 

Taques preferiu não adiantar os pontos a serem mudados na administração. Ainda segundo ele, a reforma está quase pronta, mas neste fim de semana, o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, fez algumas alterações no projeto. O texto deverá ser encaminhado para apreciação dos deputados na Assembleia Legislativa. 

 

"Eu fechei uma parte dela na sexta, mas eu viajei e tivemos outras modificações. Vou ver hoje ainda", complementou Pedro Taques.

 

Dentre as medidas possíveis de serem adotadas na reforma administrativa, estão a fusão e extinção de secretárias, além de outras medidas para contenção de despesas e garantir maior equilíbrio fiscal. Um eventual plano de demissão voluntária não seria descartado pela equipe econômica do governo.

 

"Hoje eu tenho uma reunião com o Gallo, para ver como ficou da sexta-feira para cá. Eu viajei sexta e voltei ontem (domingo), hoje eu vejo com o Gallo para a gente poder avançar. Nós precisamos debater o tema", finalizou o governador Pedro Taques, em entrevista coletiva. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei