Terça-Feira, 09 de Janeiro de 2018, 12h:25

Tamanho do texto A - A+

Ezequiel Fonseca admite possibilidade de Maggi ser vice na chapa de Alckmin

Por: LUIS VINICIUS

O presidente estadual do Partido Progressista (PP), o deputado federal Ezequiel Fonseca, admitiu a possibilidade do ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), de ser candidato a vice-presidente nas eleições de 2018. De acordo com Fonseca, Maggi entraria na chapa com Geraldo Alckmim (PSDB), atual governador de São Paulo.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

ezequiel fonseca

 

"Nós estamos trabalhando com essa hipótese. O Blairo e o ministro da Saúde, Ricardo Barros, que também é do PP, se fortaleceram muito fazendo um bom trabalho. Nós temos essa possibilidade dentro da nossa avaliação hoje de ter a indicação do nosso ministro Blairo Maggi como candidato a vice-presidente. Pode até não ser do Geraldo Alckmin, mas isso está se ventilando em Brasília", disse Fonseca para os jornalistas na manhã desta terça-feira (9). 

 

O presidente regional do PP destacou ainda que caso a candidatura se concretize, será um avanço para Mato Grosso.

 

"Caso a candidatura se concretize, será melhor pra Mato Grosso. Maggi tem se destacado no cenário nacional. No entanto, isso ainda não foi confirmado. O que tem de certo é a candidatura dele para o Senado da República. Nós estamos estudando todas as perspectivas para o bem de Mato Grosso", afirmou.

 

Fonseca disse ainda que Maggi contornou a questão econômica, depois da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, em março de 2017.

 

"O ministro Blairo se destacou como ministro do presidente Michel Temer (PMDB), principalmente no episódio da Operação Carne Fraca, onde o Brasil poderia entrar em uma situação muito difícil, ele conseguiu contornar economicamente essa questão. Ele fez uma inversão, fez do limão, uma limonada e as coisas andaram. Então isso, fez com que o ministro Blairo ficasse em uma posição muito boa no Brasil".

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto