Quarta-Feira, 04 de Outubro de 2017, 16h:47

Tamanho do texto A - A+

Ex-secretário Jarbas chega para prestar depoimento sobre grampos

Por: RENAN MARCEL/ LUIS VINICIUS

O ex-secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, chegou agora há pouco no Complexo Miranda Reis, em Cuiabá, local onde a delegada Ana Cristina Feldner está interrogando os alvos da Operação Esdras, deflagrada pelo Polícia Civil no final de setembro. 

 

Alan Cosme/HiperNotícias

jarbas depoimento

 

Jarbas é acusado de agir direta e incisivamente nas investigações de interceptações telefônicas ilegais para beneficiar seus aliados. Ao chegar ao escritório da delegada, ele se recusou a falar com a imprensa. 

 

Conforme as investigações, além do “vazamento” de informações sigilosas sobre o processo dos grampos clandestinos em Mato Grosso, Jarbas estaria “constrangendo autoridades policiais e oficiais militares, intimidando pessoas ligadas à apuração destes fatos”.

Conforme o desembargador, Jarbas forneceu informações para o ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, que deixou o cargo no dia que o escândalo dos grampos veio à tona.

 

Também teria acolhido um requerimento do próprio governador Pedro Taques, que, segundo as investigações do delegado Flávio Henrique Stringueta, solicitava as mesmas informações sigilosas.

 

Credito: Alan Cosme/HiperNotícias
Credito: Alan Cosme/HiperNotícias
Credito: Alan Cosme/HiperNotícias
Credito: Alan Cosme/HiperNotícias
Credito: Alan Cosme/HiperNotícias
Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto