Terça-Feira, 02 de Maio de 2017, 14h:10

Tamanho do texto A - A+

Ex-deputados, Joaquim Sucena e Jota Barreto também receberam mensalinho de Riva

Por: PABLO RODRIGO

Os ex-deputados estaduais Hermínio J. Barreto (PR) e Joaquim Sucena (PFL) também foram beneficiados no esquema de recebimento de ‘mensalinho’ para aprovarem projetos de interesse do Executivo durantes as gestões Dante de Oliveira (1994/2002), Blairo Maggi (2003/2010) e Silval Barbosa (2010/2014). O esquema foi revelado pelo próprio ex-presidente da Assembleia Legislativa (AL) José Riva em depoimento à juíza Selma Arruda no dia 31 de março, no Fórum de Cuiabá.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

jose riva

 

Documentos e registros, do qual o Hipernoticias teve acesso com exclusividade, mostram que os dois parlamentares assinavam mensalmente os relatórios e registros de materiais para escritório que os deputados nuncam recebiam.

 

O esquema iniciava no setor de patrimônio do Legislativo, que era avisado de que os materiais seriam entregues diretamente no gabinete de cada deputado. Com base nas informações das licitações, que o setor patrimonial elaborava os documentos de entrada e saída dos materiais e entregavam para que cada deputado assinasse.

 

O valor da "mesada", segundo o depoimento de Riva, variava entre R$ 15 mil a R$ 30 mil. Desse valor, 70% era entregue em dinheiro e outros 30% em cheques, que eram depositados nas contas de assessores, terceiros e algumas vezes até na conta do próprio deputado.

 

As relevações trazidas por Riva já haviam sido divulgadas em partes pelo ex-deputado estadual Maksuês Leite, que em depoimento realizado no dia 23 de novembro de 2015 referente a Operação Ventríloquo, disse a Juíza Selma Arruda que entre 2007 e 2010 a Mesa Diretora da Assembleia  pagava  R$ 30 mil mensais a ele, "por fora",  para bancar despesas de gabinete.

 

Maksuês disse na época que o ex-secretário-geral da Assembleia Ademar Adams era responsável por entregar os R$ 30 mil. "Não tive

Marcos Lopes/HiperNotícias

Ato Político/público/Associação Médica de Mato Grosso /médicos/Joaquim Sucena

 

contato com Riva. Apenas no início do mandato, quando ele explicou que Edemar iria resolver essa questão dos R$ 30mil", disse.

 

No entanto, o ex-deputado negou que esse dinheiro teria o objetivo de "comprar apoios" em votações de projetos que tramitavam no Poder Legislativo.

 

Outro lado

 

O ex-deputado estadual Joaquim Sucena (PP),  que atualmente pertence ao conselho do Fundo de Assistência Parlamentar (FAP) do Parlamento estadual, negou que tenha recebido qualquer "mesada" por fora ou ouviu falar sobre o esquema. 

 

"Eu quero que o ex-deputado esclareça isso de uma vez. Porque eu era oposição ao governo Dante de Oliveira, que segundo ele o mensalinho foi montado no governo Dante. Então como oposição não tinha porque me oferecerem isso, se é que existiu. Muito menos tem como eu saber se existiu por ser da oposição. Então estou tranquilo quanto a isso", disse Sucena ao Hiper.

 

Mayke Toscano/HiperNotícias

J Barreto

 

Já o ex-deputado estadual Hermínio J. Barreto (PR), que atualmente voltou as suas funções de servidor público da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), diz desconhecer qualquer fato sobre o assunto e que prefere só se pronunciar quando tiver acesso à toda investigação.

 

"Eu desconheço esse assunto e por isso nem posso falar. Para falar eu teria que ver do que se trata. Eu respeito muito o deputado Riva, mas eu não sei do que se trata", afirmou Barreto.

 

Com os dois novos nomes a lista subiu para 35 a lista dos que teriam recebido mensalinho: Zé Domingos, Mauro Savi, Pedro Satélite, Sebastião Rezende, Gilmar Fabris, Wagner Ramos, Guilherme Maluf e Adalto de Freitas (todos atuais deputados estaduais); Campos Neto e Sérgio Ricardo (ambos atuais conselheiros do Tribunal de Contas do Estado); Silval Barbosa, Carlos Brito, Dilceu Dal’Bosco, Chica Nunes, Carlão Nascimento, Alencar Soares, Renê Barbour, Zeca D'Ávila, José Carlos de Freitas, Eliene Lima, Wallace Guimarães, Percival Muniz, Nataniel de Jesus, Humberto Bosaipo, João Malheiros, Nilson Santos, Juarez Costa, Maksuês Leite, Walter Rabello, Ademir Brunetto, Chico Galindo, Antônio Brito,Joaquim Sucena, Hermínio J. Barreto e Riva. 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto