Sexta-Feira, 03 de Novembro de 2017, 14h:34

Tamanho do texto A - A+

Empresa investigada por fraude em Alagoas vence pregão da Prefeitura de Cuiabá

Por: FELIPE LEONEL

Uma empresa investigada por participar de fraudes à licitação junto a Secretaria de Saúde do Estado de Alagoas venceu o pregão nº 10/2017 da Prefeitura de Cuiabá. O contrato com a empresa PMH – Produtos Médicos Hospitalares, no valor de R$ 5.599,217, é para aquisição de materiais de consumo hospitalar para o Pronto Socorro de Cuiabá.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

emanuel pinheiro

 

O aviso de resultado parcial do pregão foi publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), na última quarta-feira (31). O objetivo é registrar preços para uma eventual contratação de acordo com a demandado município. A empresa também deverá fornecer para a Diretoria Técnica de Atenção Secundária nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

 

Dentre os equipamentos a serem adquiridos estão os “equipos parenterais, enterais e fotossensível (com cessão por comodato de bombas de infusão – sistema peristáltico), seringas e extensores (com cessão por comodato das bombas de seringas)”.

 

A empresa foi alvo da Operação Correlatos, da Polícia Federal de Alagoas, no mês de agosto de 2017, acusada de participar de uma fraude junto a outras dezenas de empresas, que subtraíram do erário mais de R$ 230 milhões, entre 2010 e 2016.  A mesma empresa também foi alvo de ação impetrada pela Defensoria Pública de Brasília, em que pede a restituição de R$ 10 milhões.

 

Na ação protocolada em 2016, a defensoria ainda afirmava que a empresa superfaturou em 376% no aluguel de um equipamento. A defensoria conseguiu uma decisão favorável do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios que obrigou a redução do valor do aluguel a um preço mais próximo do mercado. 

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto