Terça-Feira, 06 de Março de 2018, 16h:15

Tamanho do texto A - A+

DEM lança Maia à Presidência nesta quinta e deve exigir palanque em MT

Por: FELIPE LEONEL

O ex-senador e secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Jayme Campos (DEM) classificou como "especulação" uma suposta comunicação que teria sido feita ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que seria candidato à majoritária neste pleito. O ex-senador disse, entretanto, que vai se reunir na próxima quinta-feira (9) com os correligionários nacionais.

 

Da assessoria

rodrigo maia e fabio garcia

 

Na próxima quinta, o Democratas dá o primeiro passo em direção as eleições deste ano. A expectativa é que a agremiação lance Rodrigo Maia como pré-candidato à Presidência da República. "Esse assunto de comunicação não está na pauta. Esse assunto precisa ser discutido pelo Democratas de Mato Grosso. Eu não coloco o carro na frente dos bois", disse o ex-senador. 

 

Também deve participar da reunião o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (sem partido). Será definida no encontro uma data para realizar um evento em Mato Grosso para receber os novos filiados, como o deputado federal Fábio Garcia (DEM), o presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), dentre outros políticos e prefeitos. 

 

De acordo com o recém filiado, deputado federal Fábio Garcia, a expectativa gira em torno do lançamento de Maia à presidência, além da dissolvência de todos os diretórios estaduais e municipais do Brasil. No lugar dos diretórios, serão criadas comissões provisórias, com a participação de todos os deputados federais e outros políticos que estão desembarcando na agremiação. 

 

"A expectativa é muito boa. O DEM vive um momento positivo e deve ser um dos partidos que mais vai crescer neste ano e depois das eleições. O DEM vem em um movimento muito forte de renovação política. Dentre todos os partidos, o DEM faz uma movimentação muito mais forte em todo o Brasil", afirmou o deputado federal Fábio Garcia. 

 

Ainda segundo Garcia, o DEM estará na majoritária este ano. Ainda segundo ele, o Democratas possui nomes com capacidade de "ocupar vários espaços" na majoritária. "Temos o nome do ex-prefeito Mauro Mendes, do ex-senador e governador Jayme Campos. Temos o nome do deputado Eduardo Botelho, do deputado federal Adilton Sachetti, se decidir se filiar ao DEM. Nós temos nomes e densidade política e eleitoral para fazer parte da chapa ocupando várias posições na chapa majoritária", finalizou. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto