Quarta-Feira 22 de Fevereiro de 2017
pesquisas

Terça-Feira, 11 de Setembro de 2012, 10h:55

Tamanho do texto A - A+

Candidatos ignoram aldeias indígenas

Reportagem do portal UOL retrata o descaso dos candidatos a prefeito e vereador no pleito deste ano com as comunidades indígenas de Mato Grosso

Por: ANDRÉA HADDAD

Extensa reportagem do portal UOL retrata o descaso dos candidatos a prefeito e vereador com as comunidades indígenas de Mato Grosso. A matéria publicada nesta terça-feira (11) revela que dos 955 índios das cinco aldeias no entorno de Feliz Natal, cidade com mais da metade da área no Parque Indígena do Xingu, apenas cerca de 200 têm título de eleitor. Nenhum dos candidatos a prefeito visitou as aldeias a menos de um mês para o pleito, diz o portal.

Fora a distância dos postulantes a cargos eletivos, os índios eleitores ainda precisam tirar do próprio bolso aproximadamente R$ 390 para custear os 120 litros de gasolina necessários à viagem de barco da aldeia até sede do município e que pode demorar até oito horas. O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) informou que vai colocar uma urna à disposição na aldeia Pavuru.

Hugo Dias/HiperNotícias

Uma das representantes da aldeia Morená, Sula Akuku Kamaiurá, diz que raramente a comunidade é visitada pelo prefeito, vereadores ou candidatos da cidade. “Se as pessoas votarem em alguém com olhar amplo e geral, para os brancos e indígenas, mudaria bastante. Muitas coisas iam avançar”, diz Akuku, em entrevista ao UOL.

Uma das representantes da aldeia Morená, Sula Akuku Kamaiurá, diz que raramente a comunidade é visitada pelo prefeito, vereadores ou candidatos da cidade. “Se as pessoas votarem em alguém com olhar amplo e geral, para os brancos e indígenas, mudaria bastante. Muitas coisas iam avançar”, diz Akuku, em entrevista ao UOL.

 

Candidato à reeleição, o prefeito Domingos Debastiani (PSDB) admite o distanciamento e promete visitar a aldeia neste mês. “Não é fácil. Para começar, eu não sei nadar, tenho medo de água. Sou que nem uma pedra: caiu na água, afunda. Mas vou lá agora, nesse mês nós vamos lá fazer uma visita pra eles”, ironiza o tucano. O adversário dele nas urnas, Toni Dubiella (PSD), garante que "já está na agenda a ida à aldeia Pavuru, onde é a maior concentração (de índios), e temos um candidato da nossa coligação que é indígena". O postulante a vereador é Napiku Talugu Txicão, conhecido como Bebeto. Ele é o único índio entre os 50 candidatos registrados em Feliz Natal.

Professor da escola municipal Sol e Lua, localizada na aldeia Morená, Waunahã Jarel Kamaiurá demonstra interesse em concorrer nas próximas eleições. “Já pensei em me candidatar, mas só depois que eu parar de dar aulas. No momento, essa é a minha missão”, avalia. Ele tem 25 alunos de diversas idades, que frequentam uma única sala de aula - confira a matéria do UOL.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei








1 Comentários

Rosalvo Porto - 11/09/2012

Não é bem assim não... é que ainda faltam mais de 20 dias para eleição... faltando 10, ou 5 dias, os candidatos vão lá na aldeia, doam um motor de luz e um espelho, e a aldeia inteira vota nele.... Vide Juara 2008...

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA

Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

CBF veta tricolor

Ministro da Sodoma sob suspeita

Partido Novo

Tranco no Samu

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas