Sábado, 04 de Agosto de 2018, 15h:18

Tamanho do texto A - A+

Campos diz que problemas de Savi são pessoais e sigla não pode intervir

Por: DANNA BELLE

O candidato a senador Jayme Campos (DEM) afirmou, durante convenção partidária na manhã deste sábado (4), defender a decisão da executiva estadual em não lançar o deputado estadual preso, Mauro Savi (DEM), como pré-candidato.

 

Alan Cosme/Hipernotícias

jayme campos convencao dem

 Jayme Campos é contra candidatura de Savi

“A executiva do partido tomou a decisão e nós temos que respeitar. Não consta nenhuma condenação, nem inquérito formalizado. De forma que cabe a ele requerer, dentro da forma da lei na legislação eleitoral, e, se caso a Justiça permitir, registrar a candidatura. O partido entendeu por bem o seu nome não vir a convenção”, explicou.

 

Campos ressaltou a necessidade de respeitar o parlamentar, justificando que os problemas dele são de cunho pessoal, sendo assim a sigla não pode fazer nada a respeito.

 

“Temos que respeitar o Mauro Savi, que tem os problemas de ordem pessoal. Partidariamente a gente quase nada pode fazer”, declarou.

 

Apesar do nome do deputado não estar entre os pré-candidatos neste momento, o ex-senador não descarta a possibilidade de uma alteração no cenário permitindo a candidatura.

 

“Eu defendo a decisão da maioria absoluta, o partido de forma colegiada achou por bem, neste exato momento, esperar a decisão da própria Justiça para incluir seu nome na lista dos prováveis candidatos, eu tenho que respeitar”, concluiu.

 

Inicialmente o presidente do DEM-MT, Fábio Garcia permitiu Savi disputar eleições pela sigla, porém mudou de idéia e emitiu nota a imprensa informando recusa na autorização do parlamentar ser candidato.

 

Savi está preso desde maio deste ano no Centro de Custódia da Capital (CCC), em decorrência da Operação Bônus, segunda fase da Bereré, acusado de participar de um esquema que teria desviado R$ 30 milhões no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto