Quinta-Feira, 07 de Setembro de 2017, 14h:00

Tamanho do texto A - A+

Botelho diz que Assembleia vai esperar "algo concreto" para apurar conduta de deputados

Por: FELIPE LEONEL

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), afirmou que a Casa de Leis deve esperar "algo de concreto" para tomar qualquer atitude com relação aos deputados que foram citados ou flagrados, em vídeo, recebendo suposto "mensalinho". A propina, segundo a delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), era para os deputados apoiarem a gestão do peemedebista na legislatura anterior, sendo que 23 parlamentares teriam recebido. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

eduardo botelho

 

Botelho disse que estudou o regimento interno da Assembleia e chegou a conclusão que "só cabe à Presidência tomar alguma posição quando chega algo de concreto dentro da Casa", afirmou o Botelho, na primeira entrevista coletiva após o escândalo, na tarde dessa quarta-feira (6). 

 

A partir do momento que chegar "algo concreto" na AL, o presidente decidiria se arquiva ou se envia para o Comissão de Ética Parlamentar, que teria "toda autonomia" e um regimento próprio para tocar as investigações internas. A Comissão teria, inclusive, o poder de tirar membros envolvidos no esquema e substituir por deputados que não foram citados. 

 

A Comissão é composta pelos deputados Pedro Satélite (PSD), Saturnino Masson (PSDB), Oscar Bezerra (PSB), Silvano Amaral (PMDB) e Janaina Riva (PMDB). Destes, apenas dois não foram citados por Silval, sendo a deputada Janaina e Saturnino. 

 

"Se a Comissão der continuidade no processo, vai para a Comissão de Constituição e Justiça para analisar se foi tudo feito dentro da lei. Depois vai para o plenário para votação final. Nós não temos nada de concreto, foi da legislatura passada, praticamente, todos os atos. Então cabe a nós aguardar e sobre esse assunto eu vou aguardar. Não vou mais ficar falando desse assunto", declarou o presidente. 

 

Veja trechos da entrevista de Botelho:

  

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto