Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018, 08h:39

Tamanho do texto A - A+

Bancada federal terá 9 novos nomes a partir de 2019

Por: LEONARDO HEITOR

A partir de 1º de fevereiro de 2019, a bancada federal de Mato Grosso terá nove novos nomes no Senado e na Câmara dos Deputados. Dos atuais 11 parlamentares, apenas o senador Wellington Fagundes (PR) e o deputado federal Carlos Bezerra (MDB) permanecerão nos próximos quatro anos.

 

Assessoria

Congresso Nacional

 

Na Câmara dos Deputados, dos quatro parlamentares que tentavam a reeleição, apenas Carlos Bezerra voltará ao plenário Ulisses Guimarães. Valtenir Pereira (MDB), Ezequiel Fonseca (PP) e Victório Galli (PSL) ficaram de fora. Fábio Garcia (DEM), Ságuas Moraes (PT), Nilson Leitão (PSDB) e Adilton Sachetti (PRB) não tentaram se reeleger ao cargo.

 

Foram eleitos, além de Bezerra, Juarez Costa (MDB), Rosa Neide (PT), Dr. Leonardo (SD), Neri Geller (PP), Emanuelzinho (PTB), José Medeiros (Podemos) e o mais votado deles, Nelson Barbudo (PSL).

 

No Senado Federal, Wellington Fagundes, que disputou as eleições para o Governo do Estado, volta para os quatro anos restantes de seu mandato. Os atuais senadores, José Medeiros e Blairo Maggi (PR), darão lugar a Selma Arruda (PSL) e Jayme Campos (DEM).

 

Ao contrário da posse para o Governo do Estado, os deputados federais e senadores eleitos por Mato Grosso assumem o mandato apenas em 1º de fevereiro de 2019.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei