Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 11h:51

Tamanho do texto A - A+

Vizinhos ouviram gritos e jogaram baldes de água em jovem na tentativa de salvá-lo

Por: JESSICA BACHEGA

Apavorados com os gritos de desespero e com a cena presenciada, os vizinhos do jovem Caio Vinicius Anadão Barbosa, 16 anos, jogaram baldes de água sobre o corpo em chamas do adolescente. A tentativa de socorrer o rapaz não foi suficiente e ele morreu na noite deste domingo (13), poucas horas após chegar ao Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

 

Reprodução

Caio Vinícios de Anadão

 Rapaz teve 90% do corpo queimado

Segundo o relatório da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Cuiabá, o cadáver foi liberado do PSMC para o Instituto Médico Legal (IML) às 3h. Cerca de três horas após o óbito ser declarado pela equipe médica.

 

O rapaz veio transferido de Colniza (1065 km de Cuiabá) para a Capital em estado gravíssimo. Ele chegou às 18h58 apresentando queimaduras por todo o corpo. Ele recebia altas doses de medicação e logo iniciado o processo de reanimação, mas sem sucesso. O rapaz morreu às 23h58.

 

O corpo foi levado para o IML e o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) irá atestar a causa da morte do rapaz.

 

Conforme informações, o menor estava em casa, quando o local foi invadido pelo suspeito, conhecido em Colniza pela prática de furtos e consumo de entorpecentes. O homem espalhou gasolina pela residência e também sobre o corpo da vítima. Em seguida, ateou fogo no local.

 

“Vizinhos ouviram gritos de socorro da vítima e foram ao local. Eles jogaram água no adolescente, buscando apagar o fogo e também na cozinha da casa, que já estava tomada pelas chamas”, diz trecho do documento.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Urgência (Samu) foi chamado e levou o adolescente para atendimento médico.

 

O suspeito pelo crime ainda não foi preso. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 2