Quarta-Feira, 19 de Abril de 2017, 17h:49

Tamanho do texto A - A+

Polícias Cívil e Militar prendem 170 e aborda mais de mil pessoas em MT

Por: REDAÇÃO

A Operação Bairro Seguro, deflagrada nesta quarta-feita (19) em todo Mato Grosso, contou com a atuação de 1.661 policiais e já fez a detenção de cerca de 170 pessoas em prisões temporárias e preventivas. A ação atendeu mandados de busca e apreensão e chegou a recolher 16 armas de fogo. 

 

Sesp-MT

Operação Bairro Seguro

 

Em coletiva de imprensa o secretário de Estado de Segurança Pública, Roger Elizadro Jarbas, comentou o andamento e sugeriu a importância da Operação para a população do Estado.

 

"Houve a diminuição significativa de homicídios, roubos e furtos, em 28% comparando o primeiro trimestre de 2017 com o de 2016 em todo o Estado. Nós possuímos profissionais de Segurança Pública dedicados exclusivamente à essa Operação, a qual tem como principal elemento a transmissão da sensação de segurança à população.", afirmou o secretário.

 

Rogers ainda disse que as ações desenvolvidas nos municípios não é só para cumprimento de mandados de prisão, mas também busca e apreensão, além de abordagens.

 

“O objetivo é combater a criminalidade violenta, homicídio e roubo, principalmente delitos patrimoniais e o tráfico doméstico. Mais uma vez, o sistema de segurança pública faz uma grande operação no estado para melhorar a sensação de segurança”, destacou.

 

Só em Cuiabá foram utilizados 66 Policiais militares, 11 delegados, 44 investigadores e 11 escrivães.

 

O comandante do CR1, coronel PM Edgar Maurício Monteiro Domingues, disse que os resultados obtidos pelas forças de segurança pública no combate à criminalidade são reflexos do trabalho conjunto. “A integração une as duas forças, e isso tem sido essencial e fundamental para redução de índices criminais”. (Colaborou Beatriz Garcia Marques).

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto