Quinta-Feira, 14 de Junho de 2018, 17h:41

Tamanho do texto A - A+

Policial acusa enfermeira de omissão de socorro

Por: JULIANA ALVES - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

Nesta quinta-feira(14), um policial militar registrou um boletim de ocorrência acusando uma enfermeira de omissão de socorro. O caso aconteceu em Primavera do Leste (distante 244 km de Cuiabá), dentro de uma unidade de pronto atendimento (UPA)

 

De acordo com o boletim, o PM identificado como R.L.S. contou que durante o serviço havia lesionado seu olho esquerdo e mesmo com dor e sangramento continuou trabalhando. Porém durante as rondas, o sangramento começou a atrapalhar o militar a dirigir a viatura. 

Alan Cosme/HiperNoticias

upa

 

 

Ele foi até a UPA e passou pelo primeiro atendimento, solicitando um curativo para o seu ferimento. Para a sua surpresa, a técnica de enfermagem, identificada como M.C., se recusou a prestar o atendimento.

 

Questionada por testemunhas, que apontavam ser um policial em serviço, a suspeita persistiu na recusa e disse “Para mim ele é qualquer pessoa, para mim ele é um cidadão comum e não vou atender ele”.

 

Diante da atitude, o PM registrou o boletim e solicitou o prontuário médico, que também foi negado. 

 

O policial conseguiu atendimento em outra unidade de saúde. E não foi divulgado o motivo pelo qual a profissional negou atendimento ao paciente.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei