Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017, 07h:54

Tamanho do texto A - A+

Polícia Federal apreende 300 kg de cocaína que estava escondido em caminhão

Por: DA REDAÇÃO

A Polícia Federal realizou nova apreensão de droga neste domingo (15/10). Cerca de 300 kg de pasta base de cocaína que estavam escondidos em um caminhão foram interceptados por equipes policiais. Um homem foi preso na ação que ocorreu no entroncamento da BR-070 com a MT-060, trecho das rodovias que dá acesso a Poconé (100 km de Cuiabá).

 

Informações recebidas apontaram que grande quantidade de droga procedente da Bolívia chegou ao Brasil por meio de aeronaves que arremessavam o material na região do pantanal mato-grossense. Diligências prévias mostraram que o transportador seria um suspeito que já havia sido preso em 2009 por tráfico de drogas.

 

Em posse dessas informações, as equipes conseguiram identificar e abordar o veículo nas proximidades de Nossa Senhora do Livramento (MT) por volta das 21 horas. Após minuciosa revista, foi descoberta grande quantidade de entorpecente no tanque de combustível.

 

Diante da situação que evidenciava o tráfico de entorpecentes, o motorista e seu veículo foram trazidos para a sede da PF em Cuiabá, onde o tanque de combustíveis veio a ser aberto, sendo ali encontrados aproximadamente 300 tabletes de pasta-base de cocaína.

 

Veja o vídeo da apreensão

 

 

Segunda grande apreensão no mesmo dia

 

Ainda neste domingo, horas antes da abordagem ao caminhão, a Polícia Federal, em operação conjunta com a Polícia Militar do Estado do Mato Grosso e o Centro Integrado de Operação Aéreas (CIOPAER), já havia apreendido cerca de 480 kg de cocaína em uma fazenda na zona rural de Tangará da Serra (MT).

 

Dois bolivianos e uma aeronave foram surpreendidos com a carga de entorpecentes em uma pista de pouso clandestina. A droga e os bolivianos foram encaminhados à sede da Polícia Federal em Cuiabá. No total, foram apreendidos quase 800 kg de entorpecentes nas ações da PF deste único dia.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto