Quarta-Feira, 23 de Agosto de 2017, 11h:00

Tamanho do texto A - A+

Polícia fecha boca de fumo no Pedregal; presos monitoravam os passos da PM

Por: LUIS VINICIUS

Quatro homens foram presos pela Polícia Militar suspeito de estarem comercializando entorpecentes, em uma casa no bairro Pedregal, na tarde de terça-feira (22), em Cuiabá. Na residência, encontraram drogas, munições, pichações da organização criminosa Comando Vermelho e um rádio comunicador que estava ligado na frequência da Polícia Militar.

 

parede cv.jpg

 

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares do 3º Batalhão receberam informações de que homens estavam mantendo o comércio de droga no bairro. 

 

No endereço, os militares encontraram, Wesley Eduardo Dos Santos Nascimento, de 23 anos. Foi realizado a abordagem e foi encontrado uma porção de maconha com o suspeito.

 

Desta forma, os policiais entraram na casa e localizaram várias porções de cocaína, uma balança de precisão, tabletes de maconha e munições. Nas paredes da residência, haviam escrituras da facção criminosa Comando Vermelho.

 

Ainda na residência, os militares encontraram um rádio comunicador com a frequência do 3º Batalhão. Os policiais afirmam que o aparelho é até melhor que o da Polícia Militar.

 

Com o rádio, os traficantes vigiam a movimentação dos militares por meio do aparelho, conhecidos pela abreviatura inglesa HT e que custa cerca de R$ 100. São equipamentos não homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) com alcance de até 3,5 quilômetros.

 

Os suspeitos Cleyton Cezar Rodrigues do Nascimento, de 23 anos, Raphael Wender da Silva Souza, de 18 anos, Wesley Eduardo dos Santos Nascimento, de 23 anos, e Glebison Bertulio da Silva, de 24 anos, foram detidos e encaminhados junto com todo o material apreendido até o Central de Flagrantes de Cuiabá para procedimentos.

 

O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

 

Veja o vídeo

 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto