Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018, 16h:30

Tamanho do texto A - A+

Mulher que participou de assalto em joalheria é presa pela Polícia Civil

Por: LUIS VINICIUS

A jovem Camila Nogueira Lima da Cruz, de idade não confirmada, que é suspeita de participar do assalto a uma joalheria em que o proprietário foi baleado no rosto, foi presa na tarde de quarta-feira (20), pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Cuiabá.

 

Reprodução

vinicius joias.jpg

 

O crime aconteceu na manhã do dia 4 de maio. Na ocasião, ela e o suspeito Adriel Felipe Bezerra da Silva, 23 anos, entraram no comércio se passando por clientes e anunciaram o assalto. No entanto, o empresário Flávio Faria Ribeiro, de 44 anos, reagiu foi baleado no rosto e no peito. Após o crime a dupla fugiu.

 

Policiais do 1º Batalhão saíram em rondas pela região e conseguiram encontrar o criminoso ainda no Calçadão Ricardo Franco, na Região Central, de Cuiabá. Ele foi detido e, após passar por audiência de custódia, encaminhado ao Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC).

 

Camila foi identificada no mesmo dia do crime pela Polícia Civil. Porém, ela se escondeu em diversas residências de Cuiabá para não ser localizada. Como a prisão não aconteceu em flagrante, (em até 48 horas após o crime), o delegado da Derf, requisitou a prisão preventiva de Camila, que foi cumprida ontem.

 

Ela está detida na delegacia, aguardando para ser encaminhada ao sistema prisional. 

 

Já o empresário continua internado em um hospital particular de Cuiabá. O estado de saúde dele não informado à reportagem.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto