Segunda-Feira, 04 de Setembro de 2017, 07h:53

Tamanho do texto A - A+

Mulher é presa acusada de matar filha de um mês

Por: LUIS VINICIUS

Uma mulher de 44 anos foi presa pela Polícia Militar, suspeita de assassinar a  filha de um mês e 23 dias, na noite de domingo (3), no bairro João Bosco Pinheiro, em Cuiabá. A vítima, identificada como A.J.S.N., foi encontrada com sinais de violência no pescoço e no braço direito.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

DHPP

 O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

A suspeita foi detida e encaminhada à Central de Flagrantes de Cuiabá para procedimentos.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares do 3º Batalhão foram acionados, por volta das 22h30, com a informação que um recém nascido havia morrido dentro de uma residência no bairro citado. 

 

Na residência, os policiais foram informados pela suspeita, O.M.S., que a sua filha começou a sangrar pelo nariz e não conseguia respirar. A mulher disse que não conseguiu salvar a filha.

 

Os militares foram até a cama onde a menina estava e encontraram vestígios de sangue. Imediatamente, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e os socorristas constataram que a vítima tinha sinais de violência pelo corpo.

 

A mulher foi detida e encaminhada para a Policlínica do Planalto para receber atendimento. Logo depois, ela foi encaminhada à Central de Flagrantes para ser ouvida pelo delegado plantonista. 

 

Peritos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realizaram os procedimentos no local e liberaram o corpo para o Instituto Médico Legal (IML).

 

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Avalie esta matéria: Gostei +7 | Não gostei - 13

Leia mais sobre este assunto