Domingo, 05 de Novembro de 2017, 09h:50

Tamanho do texto A - A+

Mulher de 21 anos é assassinada a facadas pelo ex-marido em Cuiabá; homem é preso

Por: LUIS VINICIUS

Uma mulher de 21 anos foi assassinada a facadas pelo ex-marido, após o assassino não aceitar o término do relacionamento, na noite de sábado (4), no bairro Santa Izabel, em Cuiabá. Poucas horas após o crime, o assassino Luis Henrique de Aquino de Deus, de 20 anos, foi preso e confessou ter matado a ex-companheira por ciúmes. 

 

luis.jpg

 

O fato aconteceu por volta das 23h30. De acordo com informações, policiais do 10º Batalhão foram informados que uma mulher havia sido esfaqueada pelo seu ex-marido em uma residência no bairro Santa Izabel.

 

Quando os militares chegaram ao local, encontraram a vítima, Samela dos Santos caída ferida com dois golpes de faca. De acordo com testemunhas, Luis não aceitava o término da relação e após uma crise de ciúmes teria ferido a vítima.

 

Logo em seguida, os policiais encaminharam a vítima até Policlínica do bairro Verdão. Ela chegou a ser atendida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu  após entrar na unidade médica.

 

Pouco tempo após o crime, os militares foram informados por testemunhas que o criminoso havia fugido para a casa da sua vó. Desta forma, os policiais foram até a residência e ao perguntarem à idosa sobre o neto, a mesma informou que o assassino estava nos fundos da casa.

 

Os policiais entraram na residência e após buscas, encontraram o suspeito em cima de uma árvore. Ao ver a presença dos militares, Luis tentou fugir, mas foi pego. Ainda no fundo da casa, foi encontrada arma que o acusado usou para assassinar Samela.

 

Logo após a sua detenção, Luis confessou o crime e disse que cometeu o assassinato após ter uma crise de ciúmes. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes para serem tomadas as devidas providências e logo em seguida, foi levado à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O caso será investigado pela delegacia Juliana Chiquito Palhares.

 

Já o corpo de Samela foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia e, logo em seguida, procedimentos fúnebres. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 5

Leia mais sobre este assunto