Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2018, 14h:15

Tamanho do texto A - A+

Membro de quadrilha de assalto a banco é preso pelo GCCO

Por: DA REDAÇÃO

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) efetuou a prisão, no domingo (25), de Alexandre Benedito de Almeida Pinheiro, 28, conhecido por Bitoka, em continuidade aos trabalhos realizados na última semana para desarticular organizações criminosas que agem em Cuiabá e demais cidades do interior de Mato Grosso, em arrombamento a agência bancárias.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

policia civil/gcco

 

O mandado de prisão preventiva foi decretado pela Comarca de Campo Grande, Estado de Mato Grosso do Sul. Na quinta-feira passada (22) Alexandre foi formalmente interrogado nas investigações que apuram roubos/furtos, ocorridos em agências bancárias no estado de Mato Grosso do Sul.

 

Uma equipe de policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Resgate, Assaltos e Sequestros de Campo Grande (Garras-MS), esteve em Cuiabá realizando diligências em conjunto com a GCCO. “Com esse trabalho foi possível a identificação dos demais membros da quadrilha voltada a esse tipo de conduta delitiva”, disse o delegado.

 

O preso Alexandre Benedito foi reconhecido pelas imagens das ações realizadas no Estado de Mato Grosso do Sul. Conforme a Polícia Civil de Mato Grosso, o depoimento do assaltante contribuirá para juntada de novas provas nos autos das investigações da Gerência de Combate do Crime Organizado (GCCO).

 

Nas diligências de quinta-feira passada, equipes do GCCO, juntamente com o Garras-MT, localizaram em uma residência, na cidade de Várzea Grande, grande quantidade de ferramentas, equipamento sofisticado e de alto custo - bloqueadores de sinais, rádio comunicadores, furadeiras, cilindros de gás industrial, máquinas de corte precisos a caixa eletrônicos e cofres, luvas, veículo -, demais apetrechos comumente usados nessa modalidade de crime.

 

Além do Mandado de Prisão expedido contra Alexandre Benedito, outras ordens judiciais serão cumpridas no decorrer das investigações.

 

Alexandre tem extensa ficha criminal. Em 2013 foi um dos presos durante o desfecho da Operação “Lista Amarela” desencadeada pela Policia Civil voltada à repressão a crimes como roubo, receptação, dentre outros praticados contra empresas de transporte e logística da Baixada Cuiabana. Ele também responde processos em investigações desenvolvidas em Cuiabá, além de Campo Grande (MS). Já foi denunciado por receptação e corrupção de menores em Nova Mutum, e indiciamentos pela Policia Civil por crime de roubo, receptação e outros.

 

Recentemente, no último dia 08 de fevereiro, Alexandre foi preso em flagrante, quando  parado pela Polícia Rodoviária Federal, na Rodovia BR-364 no Km 369, em Santo Antonio de Leverger.

 

Na ocasião, o suspeito estava em um Fiat Uno, cinza, na companhia de outras três pessoas. Com os suspeitos foram encontradas notas em espécie no valor R$ 27 mil, celulares, tabletes, colete balístico e material destinado a arrombamento,  tais como ferramentas, discos de corte, luvas e demais objetos produto de arrombamento a agência dos Correios de Jaciara.

 

Depois de cumprido o mandado de prisão preventiva Alexandre Benedito de Almeida Pinheiro, permanecerá à  disposição da Justiça, recolhido em uma das unidades prisionais da capital.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto