Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 08h:45

Tamanho do texto A - A+

Homem vítima de "salve" de facção é morto em Várzea Grande

Por: LUIS VINICIUS

Um jovem de 19 anos foi assassinado com cinco tiros, no momento em que caminhava por uma das ruas do bairro Princesa do Sol, na noite de segunda-feira (12), em Várzea Grande. A vítima, que possuía várias passagens criminais, foi recentemente vítima de membros da facção criminosa Comando Vermelho (CVMT), no qual foi baleado com um tiro na mão em uma sessão de tortura em que os criminosos chamam de “Salve”.

 

Giovani Júnior

assassinato pedra 90

 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, policiais do 25º Batalhão, foram acionados para atender uma ocorrência onde um homem teria sido vítima de assassinato.

 

Ao chegarem ao local, os militares viram a vítima, Sidnei Abreu dos Santos, caída com diversos ferimentos causados por tiros. De imediato, os PMs acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando os socorristas chegaram, Sidnei já estava morto.

 

Ao ser questionada, uma testemunha disse que estava em casa quando ouviu cinco barulhos parecidos com tiros. Logo em seguida, a informante disse que seu filho entrou em casa dizendo que um homem havia sido baleado. No entanto, ele não soube informar quem teria cometido o crime e as suas causas.

 

Policiais saíram em rondas pela região, mas até a publicação da matéria, ninguém havia sido preso ou identificado. Os PMs acreditam que ele possa ser acerto de contas.

 

O corpo de Sidnei foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para serem realizados de necropsia.

 

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Avalie esta matéria: Gostei +5 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto