Sexta-Feira, 11 de Maio de 2018, 08h:24

Tamanho do texto A - A+

Homem é preso ao tentar fazer programa com venezuelana sem preservativo

Por: LUIS VINICIUS

Um homem de 32 anos, identificado como F.N.D.S, foi preso pela Polícia Militar ao forçar uma venezuelana a fazer um programa sexual sem preservativo, na madrugada desta sexta-feira (11), no bairro Jardim Paulista, em Cuiabá.

 

Imagem da Internet

prostitutas/mulheres

 

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima, J.C.M.T, disse que é garota de programa e teria sido contratado pelo suspeito para ir a um motel de Cuiabá. No entanto, durante a negociação, F.N.D.S, teria forçado a venezuelana a fazer o programa em uma casa no bairro Jardim Paulista.

 

A mulher negou e o suspeito teria ficado irritado. Logo em seguida, o homem disse que "a garota de programa não era ninguém no Brasil e que a qualquer momento poderia matá-la".

 

A vítima então começou a simular que estava concordando, até que o homem a segurou e falou que queria fazer sexo com ela sem preservativo. A mulher negou o ato e por isso foi ameaçada com uma faca. 

 

Com a vítima rendida, o homem disse que ia transar com ela sem preservativo e que não iria pagar nada. Logo depois, a venezuelana empurrou o suspeito, conseguiu pegar a chave da casa e trancou o homem na residência, Em seguida, ela acionou a Polícia Militar.

 

Diante dos fatos, os militares foram até o local e prenderam o suspeito. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes para serem tomadas as medidas cabíveis.

 

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Avalie esta matéria: Gostei +5 | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto