Quinta-Feira, 07 de Junho de 2018, 08h:14

Tamanho do texto A - A+

Homem é assassinado com mais de 10 tiros na João Gomes Sobrinho, em Cuiabá

Por: MICHELY FIGUEIREDO/LUIS VINICIUS

Um homem identificado como Renilson Ribeiro Pedro, 31 anos, foi assassinado na manhã desta quinta-feira (7) na Avenida João Gomes Sobrinho, em Cuiabá. De acordo com informações da polícia, uma moto biz preta parou atrás de Renilson, que também estava de moto, num semáforo na Avenida e efetuou mais de 10 disparos pelas costas. O crime ocorreu por volta das 7:10.

 

Luiz Vinicius/HiperNoticias

assassinato na joao gomes sobrinho

 Polícia localiza as 10 cápsulas de bala usadas no crime

"Pelo que vimos nas câmeras aqui do posto o rapaz chegou atrás dele em uma biz preta, sozinho na moto e disparou contra ele. Uns 10 disparos pelo que a médica do samu verificou ali. E constatou 9 perfurações no corpo dele", disse o tenente José Alves, que atendeu a ocorrência.


Renilson seguia no sentido centro - bairro, da Coronel Escolástico em direção a Avenida Miguel Sutil. "Ele parou no semáforo, o rapaz parou atrás dele e provavelmente a vítima nem viu, só sentiu os disparos pelas costas".


Renilson Ribeiro Pedro trabalhava como segurança em um condomínio no bairro Jardim Imperial e estava saindo do plantão. Ele era casado e deixa uma filha adolescente. O documento que estava com a vítima é do estado de Minas Gerais.

Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias
Credito: Luiz Vinicius/HiperNoticias

Leia mais sobre este assunto