Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017, 08h:44

Tamanho do texto A - A+

Fuzil 762 e outros armamentos são apreendidos em chácara de VG

Por: LUIS VINICIUS

A Polícia Militar apreendeu na noite de quarta-feira (18), um fuzil automático 762, uma espingarda calibre 16 e uma pistola 9 milímetros, em uma chácara, na tarde de quarta-feira (18), no bairro Limpo Grande, em Várzea Grande. Na ação, Daniel Pedro da Costa, de 45 anos, foi preso suspeito de ser o proprietário dos armamentos.

  

fuzil rotam.jpg

 

De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), recebeu denúncia anônima de que no referido bairro, havia uma chácara que seria usada como esconderijo de armas de fogo de uma facção criminosa e que um detendo, identificado como “Nego Renildo”, estaria fornecendo e alugando armas na Região Metropolitana.

 

Desta forma, os militares pediram apoio de outros policiais e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e foram até o endereço.

 

Na chácara, os agentes encontraram Daniel. O suspeito foi perguntado se na casa havia alguma arma e ele respondeu apenas que seu cunhado Giovani Lima, o procurou no período da manhã de quarta-feira e lhe entregou dois pacotes.

 

Daniel disse que Giovani o obrigou a enterrar toda carga nos fundos da chácara, sob a ameaça de morte dos membros da facção “Comando Vermelho”.

 

Daniel disse que não sabia o que estava nos pacotes e que apenas cumpriu as ordens por temer pela sua vida e de sua família.

 

Logo em seguida, o suspeito apontou onde estavam escondidas as armas. Ao abrir a sacola, os policiais encontraram, um fuzil 762, uma espingarda calibre 16 e uma pistola 9 milímetros.

 

O suspeito foi algemado e encaminhado à Central de Flagrantes de Várzea Grande. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 5

Leia mais sobre este assunto