Domingo, 08 de Outubro de 2017, 15h:30

Tamanho do texto A - A+

Condenado por homicídio no Pará tenta matar a mulher com machado

Por: REDAÇÃO

Um homem de 38 anos, que já foi preso por homicidio no estado do Pará, por pouco não cometeu a segunda morte, na manhã deste domingo (8), no município de Luciara (distante 1192km de Cuiabá). De acordo com a Polícia Militar, ele por pouco não matou a esposa a golpes de machado ou até mesmo com um tiro, já que estava em posse de um machado e uma espingarda, calibre 36, municiada. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

policia militar

 

O caso aconteceu às 07h30, quando um casal discutia. Segundo os vizinhos, que acionaram a PM, a mulher pedia por socorro e gritava como se estive sendo espancada. 

 

Rapidamente a PM chegou e evitou o homicídio. A mulher estava muito machucada e disse que o marido teria sido o autor das agressões. Em rondas pela região, os policiais conseguiram deter Rivelino Ribeiro de Souza, 38 anos. 

 

Ele estava muito nervoso ao ser preso. Os policiais tiveram que utilizar a força moderada para algemá-lo. A espingarda e o machado foram apreendidos e o homem preso por agressão física, porte ilegal de arma de fogo e ameaça. 

 

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil. A mulher, vítima dos ferimentos, teve que ser levado ao hospital da cidade para ser medicada. 

 

Na delegacia, os policiais descobriram que Rivelino já havia sido preso no Pará pelo crime de homicídio. Ele foi condenado e estava em progressão de pena, cumprindo em Mato Grosso, onde declarou que mudaria de Estado para trabalhar. 

 

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto