Quarta-Feira, 07 de Março de 2018, 09h:00

Tamanho do texto A - A+

Capataz atira e mata pescador em Fazenda da família Maluf

Por: LUIS VINICIUS

Um homem de 38 anos foi assassinado com um tiro na perna dentro de uma das fazendas da família Maluf, localizada às margens da Rodovia dos Imigrantes, na Capital, próximo à saída para a cidade de Santo Antônio do Leverger (32 km de Cuiabá). O caso aconteceu por volta de 10h30 de terça-feira (6).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

policia militar

 

O único tiro, segundo informações da polícia, teria sido disparado por um capataz da fazenda. Ele  teria agido em legítima defesa, pois a vítima o ameaçou com um enxadão.

 

O relato de testemunhas, conforme informações da polícia, é que dois homens estavam na fazenda retirando minhocas, até que o capataz pediu que eles fossem embora, pois não havia nenhum tipo de autorização para que eles continuassem no local. 

 

Após o pedido do capataz, o pescador Izaías Galdino de Jesus teria partido para cima do homem com o enxadão, que estava sendo utilizado para retirar minhocas. Para se defender, o funcionário da fazenda disparou um tiro na perna de Izaías, que morreu no local. 

 

Junto com a vítima, estava um rapaz que presenciou o ato e correu para chamar a polícia. Ele conta que também foi vítima dos disparos, mas por enquanto isso ainda não foi confirmado. 

 

Quando os PMs foram até o local, não encontraram mais o capataz. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou a morte de Izaías.

 

Os policiais saíram em rondas pela região, mas até a publicação da matéria, o capataz não havia sido identificado ou preso. Foi confirmado pela polícia que o local da morte de Izaías pertence a família da Maluf. 

 

O caso será investigado pelo delegado Frederico Murta da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Por volta das 07h15, a reportagem entrou em contato com o delegado, que pediu que retornasse a ligação às 13 horas.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei - 2