Segunda-Feira, 02 de Outubro de 2017, 15h:25

Tamanho do texto A - A+

Advogado de Cuiabá é preso por se masturbar na frente de mulheres

Por: CAMILLA ZENI

Um advogado foi preso na manhã desta segunda-feira (2), acusado de mostrar suas partes íntimas e se masturbar na frente de várias mulheres em um bairro do município de Tangará da Serra (distante cerca de 240 km de Cuiabá). Levado para a Central de Flagrantes, ele ainda deve prestar depoimento.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

policia militar

 

Conforme as informações, o advogado, identificado como Jair Lima, é de Cuiabá, e estava de passagem pela cidade.

  

As vítimas acionaram a polícia pelo Centro Integrado de Operação de Segurança Pública (Ciosp), relatando que um homem passa em uma picape, de cor prata, e fazia gestos obscenos. Segundo contaram, ele descia do veículo, gesticulava, tirava o pênis da calça e se masturbava em frente às mulheres.

 

A Polícia Militar informou que várias mulheres relataram o fato, que teria acontecido em diversos pontos do município, como nos bairros Jardim Itália, Residencial Barcelona e outros.

 

No momento da prisão, ele se apresentou como advogado e entregou a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) com subseção em Rondônia. Apesar disso, permaneceu preso para prestar esclarecimento.

 

Conforme o tenente Foletto ressaltou ao site Tangará em Foco, o fato de que o suspeito é advogado não o exime das responsabilidades. “Ele foi trazido para o Cisc onde se identificou como advogado, o que não ausenta ele de nenhum crime, está sendo apresentado para a Polícia Civil e responderá pelos seus crimes”, informou.

 

Jair foi levado para a Central de Flagrantes do município e deve ser ouvido por um delegado ainda nesta tarde. Ele poderá ser autuado por ato obsceno em lugar público, conforme artigo 233 do Código Penal.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto