Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017, 09h:36

Tamanho do texto A - A+

Adolescente tenta se matar depois de ter sido estuprada em VG

Por: LUIS VINICIUS

Uma adolescente de 12 anos tentou se matar, na noite de terça-feira (21), após ser estuprada por um desconhecido, no bairro Cohab 8 de março, em Várzea Grande.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

delegacia da mulher de vg

 O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI)

Conforme o boletim de ocorrência, policiais militares do 4º Batalhão foram acionados com a informação de que uma adolescente havia sido estuprada pelo seu padrasto e que estava com o pulso cortado.

 

Os PMs foram ao endereço e ao perguntarem sobre o paradeiro da menina, a mãe da adolescente disse que ela estava no seu quarto.

 

Desta forma, os militares pediram para que a mulher fosse até o cômodo chamar a garota. Logo em seguida, a mulher voltou pedindo ajuda aos policiais dizendo que sua filha estava passando mal.

 

Os policiais acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi até a residência e encaminhou a garota até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase.

 

Na unidade de saúde, os policiais questionaram a vítima sobre o estupro cometido pelo seu padrasto. Imediatamente, a adolescente desmentiu o fato e disse que ela foi estuprada a três semanas ao retornar da escola para a casa por um homem encapuzado.

 

Perguntada, a adolescente disse que não contou para a sua mãe, pois estava com medo que a mulher brigasse com ela.

 

Diante disso, os policiais foram à Central de Flagrantes de Várzea Grande para registro da ocorrência. O caso foi encaminhado à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI) que investigará o caso.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 5

Leia mais sobre este assunto