Sexta-Feira, 09 de Março de 2018, 10h:05

Tamanho do texto A - A+

Adolescente é estuprada por duas horas em matagal

Por: LUIS VINICIUS

Um crime bárbaro chocou o Distrito de União do Norte, na cidade de Peixoto de Azevedo (700 km de Cuiabá), na data em que se é comemorado o “Dia Internacional da Mulher”. Uma adolescente de 17 anos foi estuprada em um matagal. Ela estava caminhando para a escola, quando o homem a chamou pelo nome e a arrastou até um matagal, onde aconteceu o ato libidinoso. O autor do crime foi preso em flagrante pela Polícia Militar, poucas horas após o crime.

 

Márcia Foletto

menina estuprada

 

A vítima, N.C.S, contou que  o suspeito, D.S.S, conhecido como Esquilo, a atacou puxando-a pelo braço.

 

Muito nervoso, o homem a mandou tirar o short, a calcinha e o sutiã. Logo em seguida, ele começou a passar a mão em sua genitália e a esfregar o pênis na vagina da vítima. Para concluir o crime, ele obrigou que a adolescente a fazer sexo oral nele. A menor disse que ficou sob o domínio do criminoso por cerca de duas horas.

 

Logo após o crime, ele fugiu. A vítima disse que, mesmo com dores no corpo, se vestiu e saiu do matagal para pedir ajuda e ser encaminhada ao Hospital da cidade para receber atendimento. Ao saber do fato, o pai da adolescente acionou a Polícia Militar que iniciou buscas para poder encontrar o suspeito.

 

Ao obter informações das características do estuprador, os policiais conseguiram localizar Esquilo dormindo em uma rede na residência da sua vó, no Distrito de União do Norte, por volta de 00h30.

 

Ele foi preso e encaminhado à delegacia da cidade, onde foi ouvido pelo delegado. Logo após a oitiva, o estuprador será levado à Cadeia Pública da cidade. As informações foram obtidas junto ao comandante do Núcleo de Polícia Militar da cidade, sargento Maciel.

 

Apesar do suspeito já ter sido localizado, o caso continuará a ser investigado pela Polícia Civil.

Avalie esta matéria: Gostei +6 | Não gostei - 4

Leia mais sobre este assunto