Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 08h:35

Tamanho do texto A - A+

Sem réplica

O juiz Murilo Mesquita, da Décima Primeira Vara Criminal e Justiça Militar de Cuiabá, acolheu o pedido da defesa do Cabo Gerson Correa para a desistência do testemunho do delegado da Polícia Civil Flavio Stringueta. O policial foi acusado pelo ex-secretário de Segurança, Rogers Jarbas, de fraudar Operação Querubim para atender a interesses pessoas. O magistrado também autorizou a desistência do presidente da Arsec, Alexandre Bustamante. No dia 16 de março serão ouvidos diretor geral da Polícia Civil, Fernando Vasco,  o analista de sistema Rafael Meneguine e a delegada Alana Derlene Cardoso.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei