Domingo 19 de Fevereiro de 2017
pesquisas

Quinta-Feira, 05 de Janeiro de 2017, 16h:49

Tamanho do texto A - A+

Prefeitura lança edital de seletivo para 6 mil vagas e gera polêmica

Por: JESSICA BACHEGA

A Secretaria Municipal de Educação (SME) divulgou nesta quinta-feira (5) o edital de abertura de processo seletivo para a contratação de profissionais para diversas atividades. O certame tem gerado polêmica devido ao fato de ter candidatos classificados em concurso da prefeitura que ainda aguardam convocação.

 

O edital assinado pela secretária de Educação, Mabel Strobel, afirma que processo seletivo tem como objetivo a contratação temporária de profissionais da educação nas Unidades Educacionais e Órgão Central durante o ano de 2017, considerando o número 6.601 vagas disponíveis. Os salários variam entre R$ 977,93 e R$ 2.146,63.

 

O seletivo tem vagas para professor, técnico de nível superior (bacharel em direito, psicólogo, engenheiro civil, sanitarista e elétrico, analista de suporte e infraestrutura de tecnologia em informática, administrador, contador, gestor público e arquiteto), técnico de nutrição escolar (merendeira), técnico de multimeios didáticos, técnico em manutenção e infraestrutura (nas funções de vigilante, serviços gerais e condutor de veículos), técnico em administração escolar, técnico em desenvolvimento Infantil e Cuidador de aluno com deficiência e, exclusivamente profissionais nas funções de Intérprete de Libras e Instrutor de Libras. As inscrições ocorrerão entre os dias 20 e 30 deste mês e os aprovados podem ser chamados durante todo o ano de 2017.

Reprodução

EDITAL EDUCACAO

 

 

Sergio Teruo kauano foi classificado no concurso da Prefeitura de Cuiabá que nomeou mais de mil aprovados em março passado. Ele fez para  vigilante e aguarda ser chamado. “Eu fui ver sobre as vagas e as pessoas que estavam sendo chamadas em outubro, mas me disseram que por causa das eleições só iriam começar a chamar de novo em janeiro ou fevereiro. Agora já estão com seletivo”, relata. Segundo ele, um amigo que também foi classificado para  mesma vaga também está na situação de incerteza por conta do novo certame. 

 

O presidente do Sindicato dos dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep) de Cuiabá, João Custódio foi procurado e informou que chamar ou não os classificados é uma prerrogativa da prefeitura. “Ela tem obrigação de chamar os aprovados e eles já foram chamados. Não é obrigação contratar os classificados. Inclusive estamos já lutando por um novo concurso”, explicou.

 

Acesse o edital aqui.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1








3 Comentários

Gegislaine Priscila - 06/01/2017

Muito me espanta o Senhor João Custódio,como presidente do sindicato ficar do lado da Prefeitura. A Secretária de Educação nunca mostrou para o publico quantas foram as vagas realmente preenchidas e quantas vagas ficaram remanescentes. Talvez não seja de conhecimento do Senhor Presidente, mais o mesmo edital de convocação constam nomes duplicados a mesma pessoa que foi convocada na ampla concorrencia foi convocada como PNE . É só entrar no site da transparencia que é possivel verificar que muitos que tomaram posse pediram exoneração e outros nem mesmo tomaram posse . Como o senhor explica isso ? Como a secretária de Educação explica isso?

Bruno - 06/01/2017

Corrigir o link do edital.

Chupa Essa - 05/01/2017

Chupa essa cambada! É a primeira lapada do Nonô...tira o chapéu....kkkk....tá pior que a encomenda! Preterindo os aprovados e atendendo as ordens do Bezerro e Ueltu! Tem muita gente do time pra ser nomeada....a fatura veio à jato! CHUPA CUIABÁ!

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA

Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

Faiad recebe visita no CCC

Dois fuzís em dez dias

Batata quente

Explosão e apagão

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas