Quinta-Feira, 09 de Novembro de 2017, 19h:36

Tamanho do texto A - A+

Julgamento adiado

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso adiou o julgamento sobre a aceitação ou não de uma denúncia contra o promotor de justiça Vinícius Gahyva Martins. Ele é acusado de ter agredido sua ex-esposa, a advogada Samantha Rondon Gahyva Martins. O adiamento ocorreu na sessão desta quinta-feira (9), devido à ausência de alguns desembargadores que aguardavam o pedido de vista. Na denúncia, o procurador é acusado de ter violentado verbalmente Samantha, chamando-a de “vagabunda”, “prostituta” e “irresponsável”. Ele também teria fechado a tampa do notebook dela, enquanto a vítima trabalhava, o que causou lesões em seus braços e cotovelos.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei