Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 15h:13

Tamanho do texto A - A+

Bruxa solta

A candidata a deputada estadual, Diany Dias, se diz "estarrecida" com a falta de segurança no estado. Por meio da assessoria, ela informou que foi vítima de três furtos, em dois meses. O último dos crimes aconteceu na noite do dia 12, quando voltava de evento em hotel. Ao retornar para o carro,  constatou que o vidro foi quebrado e a mochila do filho furtada. Durante a campanha desse ano, o candidato ao Senado, Carlos Fávaro, também foi alvo de criminosos por duas vezes. Em uma delas o escritório foi invadido e na outros seu carro foi roubado.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



2 Comentários

Carlos Nunes - 15/09/2018

Pra acabar com isso só o Capitão América, mas como este é só personagem de gibi...vamos de Capitão BOLSONARO mesmo, com o General como vice. Ai, um comentarista policial do Jornal de RedeTV disse outro dia: antigamente tinha no Brasil só 1 Facção criminosa, hoje já tem 87 Facções. Errou, agora já deve ter umas 100. O maior indicador social do país já é incalculável...em cada cidade brasileira, em cada bairro, tem uma porção de bocas de fumo...e traficantes de Facções loucos pra adotar o filho de alguém pra encher os bolsos com o maldito dinheiro da droga. Somando todas as bocas a nível nacional deve dar alguns milhões de bocas. Ano passado foram assassinadas no país 64 MIL PESSOAS, neste ano deve ser muito mais...se somarmos o número de pessoas assassinadas do FHC pra cá (Lula, Dilma e Temer) beira 1 MILHÃO. E no país das inversões de valores chamado Brasil...a gente encontra uma esquerda querendo saber Quem matou HERZOG. Que mané HERZOG que nada, quero saber Quem foi que não impediu que as quase 1 MILHÃO de pessoas fossem assassinadas? A gente encontra também uma turma querendo saber em qual região do mundo tá tendo Guerra...PRA QUE? Se a mortandade é por aqui mesmo.

Critico - 13/09/2018

Esse é o governo do Pinóquio

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA