Quinta-Feira, 10 de Agosto de 2017, 07h:50

Tamanho do texto A - A+

"Uma quadrilha se instalou dentro do alto escalão de MT", diz delegado em investigação do VLT

Por: JESSICA BACHEGA

Na solicitação de busca e apreensão, requerida pelo delegado Wilson Rodrigues à Justiça Federal, consta que a investigação da Operação Descarrilho tem como alvo uma organização criminosa acusada de cometer corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro. A medida requerida é necessária para assegurar a integridade de provas que poderiam ser destruídas pelos denunciados durante a investigação.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

operação descarinho/policia federal

 Mauricio Guirmarães deixa Polícia Federal após oitiva

“[...] notadamente porque se tratam de fatos ocorridos no contexto da atuação de uma organização criminosa que se instalou no alto escalão do Estado de Mato Grosso, ente que tem como uma de suas características a cultura de supressão de provas”, destaca o delegado.

 

O juiz federal Paulo Céza Alves Sodré autorizou a realização das diligências em Cuiabá e Várzea Grande, que tiveram como alvo 11 buscas e apreensões em residências e empresas. Também foi conduzido coercitivamente Maurício Guimarães, ex-secretário extraordinário da Copa do Mundo em Cuiabá (Secopa).

 

Guimarães é acusado de cobrar propina do Consórcio do VLT Cuiabá Várzea Grande. A acusação é embasada no depoimento prestado pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

 

Foram apreendidos documentos, mídias, pendrives, computadores e demais elementos que pudessem fornecer informações para a investigação.

 

Confira lista de alvos de busca e apreensão.

Consorcio VLT Cuiabá - Várzea Grande

Cohabita Construções LTDA

Multimetal Engenharia de Estruturas LTDA

Borbon Fomento Mercantil LTDA — ME

Aval Securitizadora de Créditos S/A

Residência de Bruno Simoni

Residência de João Carlos Simoni

Residência de Altair Baggio

Residência de Gguilherme Lomba de Melo Assumpção

Residência de Mauricio Souza Guimarães

Residência de Ricardo Padilla de Borbon Neves

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto