Quinta-Feira, 07 de Setembro de 2017, 09h:05

Tamanho do texto A - A+

Rodrigo Barbosa e Pedro Elias dividiam propina paga por locadora de veículos

Por: JESSICA BACHEGA

O filho do ex-governador Silval Barbosa, médico Ricardo Barbosa, disse em sua delação que ele e o ex-secretário de Administração, Pedro Elias, dividiam a propina paga pela empresa Sal Locadora. Ricardo ficava com a maior parte do valor e a cobrança era feita sem o conhecimento de seu pai.

 

Marcos Lopes/HiperNotícias

SAD/Pedro Elias Domingos/concurso/policia

 Pedro Elias recebia o dinheiro e levava na casa de Rodrigo Barbosa

Segundo a declaração, Pedro Elias e Ricardo Barbosa eram amigos desde 2010. Pois foi Elias que conseguiu o primeiro emprego para o médico, em uma policlínica de Várzea Grande. Ambos ficaram amigos e quando Silval ganhou as eleições para governador, o médico decidiu retribuir o favor e indicou Pedro Elias ao pai para que ocupasse a Secretaria de Administração.

 

À frente da Pasta, Elias tinha contato com muitos empresários e Alex Botelho foi um dos primeiros alvos de sua cobrança de propina, segundo contou Ricardo. Em 2010 a empresa de Botelho, Sal Locadora tinha vencido licitação e, para garantir contrato, concordou em pagar o valor cobrado.

 

Ricardo Barbosa relata que o valor variava, pois o governo pagava com atraso às vezes. Que a propina girava em torno de R$ 50 mil e R$ 70 mil mensais e que Pedro Elias levava o dinheiro em espécie para o médico. Que eles dividiam o valor na proporção de 60%-40% e 70%-30%, sendo que o médico ficava com a maior parte. O valor recebido indevidamente era empregado no pagamento de dívidas pessoas de ambos.

 

A propina paga pela Sal Locadora à dupla ocorreu por cerca de um ano. Ele diz que não sabe quais foram os argumentos usados por Pedro Elias para garantir o repasse e não tem conhecimento sobre superfaturamento ou cobrança por serviços não prestados.

 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto