Quarta-Feira, 04 de Outubro de 2017, 09h:21

Tamanho do texto A - A+

Paulo Taques e Ferronato entram com HC no STJ; Siqueira tem pedido negado

Por: PABLO RODRIGO

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Ribeiro Dantas, negou uma liminar com pedido de soltura do ex-secretário de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), coronel Airton Siqueira Júnior, preso durante a Operação "Esdras".

 

Alan Cosme/HiperNoticias

coronel siqueira

 O ex-secretário de Justiça e Direitos Humanos, coronel Airto Siqueira, deixando a Polícia Civil após prestar depoimento

Siqueira foi exonerado pelo governador Pedro Taques (PSDB) em ato publicado no Diário Oficial do Estado que circulou nesta terça-feira (03). 

 

O coronel é acusado de integrar uma organização criminosa que teria montado um escritório clandestino de espionagem e praticado interceptações telefônicas contra centenas de pessoas. 

 

Taques e Ferronato

 

Outros dois presos na Operação Esdras da Polícia Civil também ingressaram com um habeas corpus com pedido de liberdade no STJ.

 

O ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, protocolou o pedido ontem (3) e ainda não foi distribuído para nenhum relator.

 

Já o major Michel Ferronato terá como relator do seu pedido de soltura o ministro Antônio Saldanha Palheiro.

 

Além de Siqueira, Paulo Taques e Ferronato, foram presos na Operação "Esdras" o ex-secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas,  ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco,  a esposa de Lesco, Helen Chrysti e o sargento João Ricardo Soler. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto