Sexta-Feira, 24 de Março de 2017, 09h:40

Tamanho do texto A - A+

HGU é condenado a pagar indenização R$ 20 mil por erro médico

Por: JESSICA BACHEGA

O desembargador João Ferreira Filho, da Primeira Câmara Cível de Cuiabá condenou o Hospital Geral Universitário (HGU) ao pagamento de  indenização R$ 20 mil  a uma gestante por conta de erro médico durante o parto.

 

Divulgação

Hospital geral universitario - HGU

 

Na decisão do dia 21 deste mês, o magistrado ponderou que a equipe médica do hospital não adotou o método mais adequado para a realização do parto da gestante S.M.

 

“[...]não é possível afastar a responsabilidade de nosocômio pela ocorrência de lesão no infante sofrida durante realização de parto natural”, salienta o desembargador.

 

Além da indenização de R$ 20 mil com multa de 1% ao mês, o hospital deve também pagar todo o custo de tratamento da mulher.

 

Conforme o processo, a mãe havia aconselhado os médicos a fazerem parto cesáreo, por conta de complicações em parto anterior, contudo a equipe médica optou por um parto normal.

 

Tal negligência causou lesão permanente na criança, que ficou com os movimentos de um dos braços comprometidos. O parto foi realizado em 2007.

 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto