Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018, 10h:39

Tamanho do texto A - A+

Dupla é condenada a 23 anos por matar dentista que reagiu a assalto

Por: JESSICA BACHEGA

O juiz  Lídio Modesto da Silva Filho, da Quarta vara Criminal de Cuiabá, condenou a dupla André Fellipe de Amorim e Rafael Silva Aguiar a 23 anos e quatro meses de prisão, cada um, pelo roubo e assassinato do dentista João Bosco de Freitas, em Cuiabá.

 

Reprodução

dentista baleado/jardim tropical

 

A decisão foi publicada na semana passada e determina que a pena seja cumprida inicialmente me regime fechado.

 

A vítima reagiu ao crime e foi baleada. O dentista foi levado para o Pronto Socorro Municipal de Cuaibá e morreu na unidade.

 

De acordo com informações, o roubo seguido de morte ocorreu em 26 de julho de 2017, no bairro Jardim Tropical.

 

A vítima dirigia o veículo modelo Corolla, pela Avenida Europa, quando foi abordado por dois rapazes em uma moto. A dupla anunciou o assalto e a vítima tentou reagir. Surpreendidas pelo idoso, os criminosos atiraram contra o homem e o feriram no peito. Os homicidas fugiram em seguida.

 

Populares viram o homem ferido e chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que o socorreram e levaram para atendimento médico. A vítima morreu pouco depois de receber atendimento.

 

Leia também

Dentista reage a assalto e acaba assassinado por dupla em moto

Polícia Civil prende suspeito de executar dentista durante assalto

Terceiro suspeito de latrocínio de dentista é preso e confessa crime

Menor é apreendido e confessa ter assassinado dentista em Cuiabá

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto