Quarta-Feira, 06 de Setembro de 2017, 10h:11

Tamanho do texto A - A+

Desembargador autoriza servidor preso a pagar fiança em quatro parcelas de R$ 109 mil

Por: JESSICA BACHEGA

O desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça (TJM) autorizou que o servidor  da Secretaria de Fazenda (Sefaz) preso, André Fantoni, pague em quatro parcelas de R$ 109.316.66 o valor da fiança fixada em R$ 437.266,66. O pedido do detendo já tinha sido negado em primeira instância pelo juiz Marcos Faleiros, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá.

 

Otmar de Oliveira/ Gazeta Digital

ANDRE FANTONI

 Servidor será solto após pagar a primeira parcela

O servidor preso na Operação Zaqueus, alega que não tem condições de pagar o valor determinado para sua soltura, pois além de seu sustento também é responsável pelo tratamento de saúde da mãe.

 

O magistrado ponderou os argumentos da defesa do réu e acolheu seu pedido. O alvará de soltura será expedido após o pagamento da primeira parcela da fiança, que foi divida em quatro prestações mensais. 

 

Na Operação Zaqueus foram presos os agentes de tributos estaduais tiveram: André Neves Fantoni, Alfredo Menezes Mattos Junior e Farley Coelho Moutinho. Segundo as investigações, a empresa pagou R$ 1,8 milhão para os três agentes. Em troca, eles tiveram que diminuir o valor de um auto de infração contra a empresa. A multa era de R$ 65 milhões, mas o valor final do auto ficou em R$ 315 mil.

 

 

Leia também

Agente de tributos que está preso pede que fiança seja extinta ou parcelada e juiz nega

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto