Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017, 13h:32

Tamanho do texto A - A+

Arcanjo é interrogado na Justiça Federal em esquema de desvios da ALMT

Por: JESSICA BACHEGA/ FELIPE LEONEL

O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro, preso na Penitenciária Central do Estado, presta depoimento na tarde desta quarta-feira (20) na sede da Justiça Federal em Mato Grosso. O preso é uma das testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público Federal (MPFF) na Operação Arca de Noé, que investiga desvio de recursos da Assembleia Legislativa (ALMT).

 

Reprodução

arcanjo na policia federal

 Arcanjo é testemunha na Operação Arca de Noé

Visivelmente abatido, o detento chegou na Justiça de bermuda e chinelo, escoltado por policiais federais. 

 

O ex-deputado Eliene Lima também é interrogado nesta tarde. Em entrevista, ele disse que foi envolvido nas investigações, por ter pego um cheque emprestado na Confiança Factorin, uma das empresas de Arcanjo.

 

“Não lembro a época que peguei o cheque, mas coincidiu com a época em que houve as investigações. Mas eu estou muito tranquilo”, ressalta o ex-parlamentar.

 

Eliene conta que o cheque era no valor de aproximadamente R$ 60 mil e que foi utilizado para investimento em uma madeireira de sua propriedade. 

 

">

 

 

Credito: Thiago Ferreira
Credito: Thiago Ferreira
Credito: Thiago Ferreira
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto